serviços

1. Aconselhamento profissional
Mais de 20 anos de experiência e cerca de 750 pessoas atendidas


É muito comum termos questionamentos na vida profissional. Quando jovens enfrentamos desafios para nos firmarmos no mundo adulto e conquistar independência financeira, situações muitas vezes relacionadas à construção da nossa própria identidade. Aqueles que já deram passos bem sucedidos nessa direção em geral buscam qualificações e credenciais para o crescimento na carreira, de maneira que possam construir uma família e se realizarem profissionalmente. Em outros momentos surgem conflitos entre a vida pessoal e profissional, como por exemplo administrar a atenção entre filhos e trabalho. Numa outra etapa são as questões típicas da crise do meio da vida, quando é preciso repensar sua trajetória, diminuir o ritmo ou mesmo reconstruir a vida por completo. Quando ciclos de vida se encerram abre-se um campo de possibilidades. A construção da imagem do futuro é a chave para uma vida significativa e plenamente realizada.  

Questões profissionais, diferente de uma psicoterapia na qual levamos anos no processo, precisam ser resolvidas de maneira rápida e objetiva sem perder a consistência e a profundidade. Psiconomia desenvolveu ao longo de mais de 20 anos um método próprio, que em cerca de 3 meses temos uma visão muito clara do caminho a seguir. 


2. Construção de futuros
Para indivíduos, organizações e coletividade

Quando pensávamos sobre o futuro imaginávamos uma espécie de evolução linear, uma continuidade do que estava acontecendo. Isso mudou. E após a pandemia tudo parece ter acelerado. Mudanças que esperávamos acontecer em 10 anos estão acontecendo agora. Estamos mais abertos para pensar em novas possibilidades. A combinação de tecnologias já disponíveis permitem que coisas antes inimagináveis possam acontecer. Inovações podem mudar a forma das pessoas se comportarem e o que parecia ficção científica provavelmente se tornará realidade antes que a década termine.

Quem disser que conhece o futuro está mentindo. O futuro ainda não existe, mas podemos identificar sinais, tendências, imaginar cenários, fazer projeções. Justamente por ele ainda não existir, podemos de alguma forma tentar influenciá-lo, até mesmo construí-lo ou ao menos nos prepararmos para ele.    

Neste trabalho exploramos futuros alternativos, analisamos os riscos e benefícios de cada um e escolhemos uma Imagem de Futuro. Elaboramos estratégias e planos de ação para aumentar a probabilidade deste futuro desejado acontecer.

Identificamos processos, sistemas, pessoas, parceiros, etc. que já estão nessa direção e como podemos reforçá-los. Por outro lado, detectamos o que dificulta a realização desse futuro preferido e buscamos maneiras de contornar esses obstáculos. Além disso, pensamos em inovações, no que podemos criar para ajudar a realização desse projeto.


3. Consultoria para famílias empresárias
Gestão de questões complexas e sensíveis envolvendo famílias e negócios de pequeno, médio e grande porte. Mais de 50 famílias atendidas

Ajudamos sócios a se alinharem, promovendo a harmonia de famílias empresárias. Construímos acordos, facilitamos melhores tomadas de decisão e orientamos o desenvolvimento de novas gerações.

O atendimento a empresas de grande porte é feito em associação com Cambridge Family Enterprise Group, a mais tradicional empresa de consultoria para famílias empresárias. Mais informações: www.cfeg.com


4. Facilitação de diálogos 
Desenvolvimento de relações de trabalho estimulantes e colaborativas

Promovemos o dialogo em grupos de trabalho abrindo espaço para múltiplas perspectivas, afim de encontrar caminhos, construir acordos e aprimorar processos para que o grupo atinja seus objetivos com maior fluidez. Desta forma, ajudamos empresas a lidarem com as transformações necessárias para seu desenvolvimento ao longo do tempo.

Quando usar:

- Criação de novos empreendimentos
- Empresa crescendo em tamanho e complexidade
- Processos de mudança organizacional
- Desalinhamento de visões
- Dificuldade de diálogo entre sócios
- Crises internas de relacionamento
- Conversas difíceis
- Pessoas trabalhando em silos e não de maneira colaborativa
- Desmotivação e baixo engajamento
- Empresa precisando de ideias inovadoras